DIGICRIATIVA
 

Categoria: Mobile

Site responsivo: uma nova ordem mundial!

Não chega a ser uma novidade para ninguém o fato de, atualmente, boa parte do acesso à internet ser realizado através de dispositivos móveis.

Continue lendo

O seu site já está adaptado para a versão mobile?

Com o avanço da tecnologia, a maneira de se comunicar não é mais a mesma de 15 anos atrás. Um exemplo? Hoje em dia é muito raro você parar o carro para pedir informação sobre como chegar a determinado local. Recorremos ao GPS e até mesmo ao smartphone.

O acesso por meio de celulares e outros dispositivos móveis, cresceu consideravelmente nos últimos anos. Só no Brasil, estima-se que 20 milhões de pessoas possuem um smartphone e acessam a internet através dele. Esse número é realmente expressivo, não acha? Estamos caminhando para um novo tipo de mercado: O mercado virtual voltado para dispositivos móveis.

Aqui vão 6 motivos pelos quais você pode e deve mergulhar nesse mundo:
1 - Boa parte das conexões são feitas enquanto as pessoas estão em período ociosos, por isso, é importante que os sites sejam agradáveis e não ofereçam dificuldade de acesso.

2 - O Brasil é o quarto maior mercado de celulares do mundo. E mais de 14% da população brasileira utiliza celulares para se conectar à web em algum momento do dia.

3 - Sites adaptados para web em dispositivos móveis diminuem consideravelmente a taxa de rejeição – quando o internauta entra na página e logo sai por não se sentir cativado pelo conteúdo ou pelo visual. Já os sites que não são adaptáveis são campeões em rejeição e, consequentemente, perdem espaço nos mecanismos de buscas.

4 - Sites responsivos podem melhorar sua reputação em mecanismos de buscas como o Google e o Yahoo especialmente quando o internauta fizer a pesquisa via smartphones ou tablets. O Google, em especial, já oferece para o internauta que está no dispositivo móvel primeiro os sites adaptados e depois os não adaptados.

5 - As páginas adaptadas para navegação mobile aumentam as chances da sua empresa vender via web. Isso porque os potenciais compradores podem realizar ações de compra ou encontrar os contatos da equipe de vendas, por exemplo, de qualquer lugar onde estejam.

6 - A imagem de empresa inovadora e antenada com a evolução tecnológica com certeza é um fator muito relevante para a competitividade. Faz bem para a reputação da empresa ter um site adaptado para qualquer dispositivo
Páginas pesadas,  tornam o acesso pouco tedioso, logo, estar adaptado, é estar com um pé no futuro.
Nós sabemos a importância de um site mobile e podemos te ajudar a chegar lá, pois sabemos que a sua empresa merece estar a frente.

Entre em contato conosco

 

 

 

Altere o perfil do Instagram, retirando-o do modo privado

O aplicativo de compartilhamento de fotos e vídeos Instagram permite que o usuário mantenha seu perfil em modo privado, fazendo com que só tenha acesso ao que você publicar, as pessoas que você tenha aprovado como seus seguidores.

Porém, se deseja alterar essa configuração, e não se recorda como fazer, vamos te passar as coordenadas de uma forma simples e objetiva:

1 – Faça login no Instagram através do aplicativo

2 – Acesse seu perfil, e vá na opção “Editar seu perfil”

3 – Localize a chave “Fotos privadas”, e desative-a.

Dessa forma, seu perfil deixa de ser privado, e qualquer usuário poderá interagir com você!

Facebook vai tirar chat de seu app para forçar uso do Messenger nos smartphones

Uma ação aparentemente simples, pode trazer problemas sérios… Nesta semana foi noticiado que, em breve, o aplicativo do Facebook para celulares não irá mais contar com a opção para acionar o bate-papo.

Para fazer uso dessa ferramenta, o usuário terá que obrigatoriamente baixar o aplicativo Messenger, que irá funcionar de forma independente. Na teoria, nada muito chocante. Mas na prática…

Muitos usuários já começam a reclamar nas redes sociais, sobre a imposição feita. Argumentam que gostariam de manter o direito de escolher se querem ou não ter os dois aplicativos em seus gadgets. Para os que possuem smartphones com
menos poder de fogo (ou seja, menor potência,  e principalmente menos memória), a situação parece ser ainda “mais grave”, pois terão que se desdobrar pra espremer mais um aplicativo e seus dados respectivos, num espaço mínimo.

O argumento utilizado por Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, é o desejo de tornar o aplicativo Messenger autônomo, tirar dele a sensação de segunda classe.

Continue lendo

Será que a Apple realmente “pensa diferente”?

Durante essa semana, alguns blogs especializados em assuntos digitais e até mesmo sites de notícias em geral mostraram um caso relativamente polêmico, e que no mínimo merece uma reflexão.
Um editor da MTV americana (no site da MTV, o artigo está assinado por Joey Parker) publicou uma matéria, na qual informa que enviou um email para Tim Cook (sim, ele mesmo: o CEO da Apple!) questionando se ele não considerava desproporcional a quantidade de Emojis brancos, se comparados aos das demais raças.


Para informação: Emojis são aquelas figurinhas utilizadas constantemente em conversas por Whatsapp, por exemplo, principalmente por usuários do IOS (sistema operacional da Apple).

Na verdade, o termo “desproporcional” foi utilizado com muita boa vontade basta você pegar seu celular, e analisar seus Emojis.

A resposta da Apple foi realizada quase que imediatamente, por intermédio da vice-presidente de comunicação da companhia, Katie Cotton.Não há como afirmar se a posição passada por ela foi meramente política,
ou se de fato a Apple se sentiu tocada com a observação feita. De qualquer forma, Katie informou a Joey que concordava com seu questionamento, e deu como explicação (ou desculpa) o fato de que, os Emojis são construídos com base no padrão UNICODE, e que o mesmo não possui grande variedade nesse quesito.

Parênteses: UNICODE é um padrão que faz com que determinado conteúdo seja exibido perfeitamente em diferentes plataformas. Ou seja: fabricando os Emojis dessa forma, a carinha feliz que você envia do seu Iphone será exibida corretamente no Android do seu amigo, no PC de um outro colega, etc.

Continue lendo